Itanhaem 2017 muito mais que noticias.

GM que foi arrastado por 100 metros após abordar carro identifica motorista

Por: Litoral 24 horas 14/10/2015 10:34

GM que foi arrastado por 100 metros após abordar carro identifica motorista

O motorista do carro, que arrastou o guarda municipal Jurandir Felix por cerca de 100 metros, na noite do último sábado (10), em Mongaguá, no litoral de São Paulo, foi identificado pela vítima na tarde desta terça-feira (13). Outros quatro suspeitos se apresentaram à Delegacia Sede da cidade e devem ser indiciados pelo crime.

O caso que, inicialmente, foi registrado como lesão corporal, foi ratificado e qualificado como tentativa de homicídio. Como o motorista não foi preso em flagrante, ele responderá pelo crime em liberdade. O guarda passou por um exame de corpo delito nesta terça-feira.
 

Três dias depois do incidente, o guarda municipal voltou a lamentar a atitude dos garotos. "Os jovens perderam os valores. Não têm mais respeito. Não só por uma autoridade, mas por um idoso ou um deficiente", diz.

Caso
O guarda municipal trabalhava em uma força-tarefa em conjunto com a Polícia Militar e agentes de trânsito na cidade, na noite de sábado, na avenida Mário Covas Jr, no bairro Balneário Plataforma.

Um veículo preto parou no meio da avenida principal, bloqueando o trânsito. Os guardas municipais viram que os passageiros tentavam conversar com garotas que passavam pela rua e o carro estava impedindo o trânsito.

Por isso, os agentes pediram para o motorista sair do local e anotaram a placa do veículo. O condutor questionou a atitude do guarda, mas resolveu seguir em frente. Alguns minutos depois, o mesmo carro voltou e parou próximo à viatura.

Bota do guarda ficou parcialmente destruída após a tentativa de crime (Foto: Reprodução / TV Tribuna)Botas do guarda ficaram parcialmente destruídas
após o crime (Foto: Reprodução / TV Tribuna)

Os guardas municipais pediram para que o motorista encostasse o carro e saísse do veículo. "Um homem puxou a minha mão para dentro do carro e mandou o passageiro me segurar. Ele saiu acelerando”, conta, que foi arrastado por cerca de 100 metros, na contramão.

Os homens jogaram Felix para fora do carro, com o veículo em movimento e tentaram atropelar o guarda municipal, que ficou com ferimentos no braço e no rosto. Ele foi socorrido e encaminhado ao Pronto Socorro Agenor de Campos. Outros dois guardas também ficaram machucados.